AINDA O COVID – 19

IMPORTANTE DESCOBERTA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE RÚSSA.

Segundo informações do Ministério da Saúde da Federação Russa e do Director do Departamento das Relações Exteriores do Ministério da Saúde, Sergey Muravyev, tiveram lugar várias autópsias pós-morte de pacientes que morreram de Covid-19.

A grande revelação e as respectivas conclusões, há muito escondidas aconteceram. RADIAÇÕES MAGNÉTICAS.

A Rússia tornou-se o primeiro país do mundo a realizar uma autópsia post mortem em um cadáver de Covid-19 e, após uma investigação abrangente, descobriu que o Covid-19 não existe como um vírus.

SERÁ UM GOLPE MUNDIAL!

As pessoas estão a morrer devido à “radiação eletromagnética mundial 5G amplificada (veneno)”. Os médicos na Rússia violaram a lei da Organização Mundial da Saúde (OMS), que “não autoriza autópsias post mortem em corpos de pessoas que morreram com o vírus da Covid-19” para descobrir cientificamente que não se pode presumir que seja um vírus, mas uma bactéria que causa a morte.

Causa a formação de coágulos sanguíneos nas veias, e nervos, causando a morte do paciente devido a esta bactéria.

A Rússia afirmou que “não há nada além da coagulação phelia-intravascular (trombose) e a maneira de lidar com isso é curá-la”. Comprimidos de antibióticos, Anti-inflamatório e tomar anti-coagulantes (aspirina) cura.

De acordo com alguns outros cientistas russos, os ventiladores e a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nunca foram necessários. Protocolos para isso já foram

emitidos na Rússia.

A República Popular da China já sabia disso, mas nunca divulgou seu relatório. Compartilhe esta informação com todos os seus familiares, vizinhos, conhecidos, amigos, colegas para que eles possam sair do medo da Covid-19 e entender que este não é um vírus, mas apenas uma bactéria exposta às radiação 5G.

A causa é prejudicar as pessoas com imunidade muito baixa. Essa radiação também causa inflamação e hipóxia. Foi demonstrado que o covid-19 provoca a coagulação do sangue, o que causa trombose na pessoa e devido à qual o sangue coagula nas veias e devido a isso o cérebro, coração e pulmões não podem obter oxigênio, devido ao qual respirar torna-se difícil e uma pessoa morre rapidamente devido à falta de energia de respiração.

Os médicos na Rússia desobedeceram ao protocolo da OMS e estão a realizaram autópsias em cadáveres que morreram de covid-19.

Os médicos abriram os braços, pernas e outras partes do corpo e após examinálos adequadamente, notaram que os vasos sanguíneos estavam dilatados e as veias cheias de trombos, o que geralmente impedia o fluxo do sangue, e também reduz o fluxo de oxigênio no corpo, que causa a morte do paciente.

Depois de saber desta pesquisa, o Ministério da Saúde Russa mudou imediatamente o protocolo de tratamento da Covid-19 e começou a dar aspirinas aos seus pacientes positivos. 100mg e Empromax. como resultado, os pacientes começaram a recuperar e a sua saúde começou a apresentar melhoras.

O Ministério da Saúde Russa deu alta a mais de 14.000 pacientes num só dia e

mandou-os para casa. Entretanto sobre este assunto “muita água ainda irá passar debaixo da ponte”.

Bem – haja.

Fonte: Ministério da Saúde Russa.

Mais informações sobre Ataques à Mente com Radiações Magnéticas Amplificadas: https://youtu.be/-0WfGMnEkf4

Davide Pereira.
Grupo Académico de Investigação Internacional do Observatório OCATRY.